32 C
Manaus
Manaus, 16 de outubro de 2018

Wilson Justo era presidente do PR de Novo Airão, deixa duas filha e uma esposa

O advogado Wilson Justo Filho foi assassinado a sangue frio na madrugada deste sábado, 25, pelo delegado Gustavo Sotero,  plantonista do 1o Distrito Integrado de Polícia.

Wilson Justo Filho  era presidente do PR de Novo Airão, sua esposa, Fabíola Rodrigues Pinto de Oliveira, de 31 anos, também foi baleada, mas segundo a Polícia Civil já teve alta. Outras duas pessoas também ficaram feridas mas já foram liberadas.

         Wilson também era praticante de rugby. Ele deixa duas filhas.

O crime ocorreu por volta das 3h. Informações de testemunhas dão conta de que o delegado estava assediando a esposa do advogado. Os dois tiveram um desentendimento e o delegado efetuou os disparos à queima-roupa. Ele acertou o peito de Wilson Justo. A esposa dele foi baleada na perna.

Uma viatura da Polícia Militar passava pela área do Porão e avistou a confusão. Os policiais pararam no local e efetuaram a prisão do delegado, que não ofereceu resistência segundo o registro da ocorrência. Ele portava uma pistola Taurus .40.

Notícias Relacionadas

Segurados da Previdência passam a receber SMS lembrando o recadastramento

Redator Tucumã

Sobe para 98 número de casos suspeitos de sarampo em Manaus

Celso

Prefeitura entrega academia ao ar livre na zona Rural de Manaus

Redator Tucumã
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
%d blogueiros gostam disto: