Marcelo critica falta de incentivo | Pauderney na cola de Rossieli | Luiz diz que aumento foi ‘ilegal’ | Saiba mais!

SEM PATROCÍNIO

E o ex-deputado Marcelo Ramos (PR0 fez uma crítica a falta de incentivo e apoio ao esporte amazonense ao dizer que é “revoltante” ver o time de futebol paraense Paysandu, receber apoio de uma das grandes empresas do polo industrial de Manaus, a YAMAHA, enquanto o time de Manaus não recebe nenhum patrocínio. Vai entender né!

APROVADO

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) anunciou a aprovação Sistema Único de Segurança Pública (Susp), que segundo ele, irá integrar as ações de segurança e permitir estratégias comuns para prevenção de crimes. Maia comemorou a aprovação de mais um projeto aprovado pela Câmara.

ALINHADOS

O deputado federal Pauderney Avelino (DEM) já está totalmente alinhado com o novo ministro da Educação, Rossieli Soares. Ontem o parlamentar se reuniu com o ministro na presença de alguns prefeitos do interior do Estado, para segundo ele, tratar das demandas da Educação do estado do Amazonas.

ILEGAL

O deputado Luiz Castro (Rede) denunciou a ‘inconstitucionalidade’ do decreto nº 38.853, assinado pelo governador Amazonino Mendes, que concedeu abono mensal de R$ 14 mil aos secretários de Estado. “Esse decreto fere a Emenda nº 19 da Constituição Federal, portanto o reajuste é ilegal”, declarou o parlamentar. De acordo com Luiz, o projeto de abono deveria ter seguido o caminho da legalidade, enviado à Assembleia Legislativa para discussão e aprovação. “Mas o governador parece ter sido mal assessorado juridicamente”, disse ele.

MELHOR CIDADE

O prefeito Arthur Neto (PSDB) se mostrou satisfeito com o resultado de uma pesquisa recente sobre as melhores cidades para se viver. Na ‘respeitada’ pesquisa, Manaus aparece na 127º posição no mundo e na quarta posição no ranking das melhores cidades para se viver no Brasil. Arthur ressaltou que mesmo com a escassez de recursos, a capital tem obtido sucesso em vários outros índices. Os números foram calculados em relação ao ano de 2017.

Comente com o Facebook
Input your search keywords and press Enter.
%d blogueiros gostam disto: