27.9 C
Manaus
Manaus, 21 de outubro de 2018

Investigações são realizadas em local onde ocorreu fuga de detentos do CDPM

A equipe da Vara de Execução Penal (VEP) da Comarca de Manaus, integrada pelo juiz João Gabriel Cirelli Medeiros, realizou uma inspeção no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM II), na unidade que registrou a fuga de 35 detentos no último fim de semana.

A visita do magistrado foi acompanhada pelo titular da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), coronel Cleitman Coelho.

As informações colhidas no local integrarão um relatório a ser entregue aos demais órgãos da execução penal. “Fizemos a inspeção no próprio sábado, logo no início da tarde, para conhecer a real situação da fuga, que ocorreu na madrugada daquele dia. A visita foi acompanhada pelo Coronel Cleitman, por representante da Ouvidoria da Seap e por um grupo de agentes penitenciários. Inspecionamos especificamente o pavilhão onde ocorreu a fuga, o qual já estava isolado, com os presos reacomodados em outro pavilhão. Solicitamos da Seap que informasse as medidas emergenciais adotadas para conter novos eventos desse tipo”, explicou o magistrado.

Ao juiz João Gabriel foi repassado que, naquele momento, a direção da unidade prisional já havia sido afastada, com a designação de uma nova equipe para garantir a segurança, especialmente no final de semana, além do isolamento do pavilhão onde ocorrera a fuga.

Conforme a Seap, as circunstâncias que permitiram a fuga dos detentos já estão sob investigação da Polícia Civil e também sendo objeto de um procedimento administrativo por parte da secretaria.

“A VEP, por sua vez, solicitou a relação oficial dos apenados (que estão entre os fugitivos) para a expedição dos respectivos mandados de prisão”, informou o juiz João Gabriel.

O relatório da inspeção será encaminhado ao Ministério Público, à própria Seap e aos demais órgãos da Execução Penal.

VEJA:

Notícias Relacionadas

Campanha Nacional de vacinação contra a poliomielite começa nesta segunda

Daly Ruiz

Manaus Ambiental é novamente notificada, desta vez por desabastecimento de água

Redator Tucumã

Suzane Von Richthofen pode ser solta em 60 dias

Redator Tucumã
%d blogueiros gostam disto: