‘Encontrão’ realizado para receber Maia | Quais novas alianças podem ser feitas após encontro | Maia ressalta alguns compromissos com Amazônia | Saiba mais!

ENCONTRÃO

Várias lideranças politicas fizeram um verdadeiro ‘encontrão’ na noite desta sexta-feira (11) no Dulcila’s Festas na Ponta Negra para receber o pré-candidato a presidência e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A priori, quem seria um anfitrião de Maia na noite seria o deputado federal e presidente regional do Democratas, Pauderney Avelino (DEM), no entanto o espaço logo foi cedido para outros politico presentes.

PALANQUE CHEIO

Além de Pauderney, discursaram no evento, o prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) e o senador do Amazonas, Omar Aziz (PSD), que diante das afirmativas demostrarm uma certa caminnhada conjunta nestas eleições. “Se formos apoiar a sua candidatura, Rodrigo, tenho certeza que estaremos apoiando um político muito bem preparado e aliado do Amazonas”, adiantou Arthur.

PLEITO ANTECIPADO

Já Omar usou um discurso mais próximo do pleito para Goverrno do Amazonas, ao questionar a falta de segurança e demais serviços básicos a população, e relembrando sempre do seu trabalho exercido na sua gestão como governador do Estado. Omar ainda usou tom provocativo para se defender de supostas acusações. “Tenho certeza que de todas as flechas que foram lançadas contra mim, nenhuma irá me atingir” esbravejou o senador.

MUY AMIGOS

No mais, o clima que pairava no Dulcila’s era o mais ameno possível todos os parlamentares que discursaram no evento, aproveitavam para elogiar o trabalho exercido pelos demais colegas. Entre alguns dos políticos presentes estavam: os deputados federais Artur Bisneto (PSDB), Silas Câmara (PRB), Conceição Sampaio (PSDB), deputado estadual Josué Neto (PSD), vereadora Therezinha Ruiz (PSDB), entre outros.

COMPROMISSOS

E entre os compromissos estabelecidos deixados por Maia com a Amazônia, estiveram a recuperação da BR-319, corte de gastos públicos e apoio ao turismo amazônico. “É preciso enxugar o Estado brasileiro, que é ineficiente, com muito gastos e pouco devolve ao cidadão, devemos ter um estado, que deixe mais recursos no bolso do cidadão, cobre menos imposto, regulador forte, leis claras e retorno de investimento, para recuperação da economia”, defendeu ele.

Comente com o Facebook
Input your search keywords and press Enter.
%d blogueiros gostam disto: