Now Reading:
Dormir mal aumenta o risco de hipertensão

Dormir mal aumenta o risco de hipertensão

Os malefícios de uma noite mal dormida vão muito além de cansaço, irritação e muitos bocejos no dia seguinte. Ter poucas horas de sono também afeta a pressão arterial e aumenta o risco de hipertensão. A doença, mais conhecida como pressão alta, é um mal silencioso e não possui sintomas –o que dificulta o diagnóstico.

Ela é fator de risco para problemas cardiovasculares, como arritmia cardíaca, AVC e infarto. Quando dormimos, nosso organismo descansa e se restabelece por completo, incluindo aí o coração e o cérebro. Nas fases profundas do sono, os hormônios que controlam a circulação são produzidos. Se você dorme mal (menos de seis horas por noite) o  nível dessas substâncias cai e o fluxo sanguíneo é afetado. Isso acontece pois o sistema nervoso simpático não é desligado, ou seja, o corpo entende que o cérebro e o coração o corpo entende que o cérebro e o coração não devem descansar e mantém a pressão arterial e a frequência cardíaca elevadas. Mas fique tranquilo. É preciso bem mais do que uma noite mal dormida para sofrer com esses males.

O problema é dormir pouco e ter um sono de má qualidade constantemente.E é exatamente por isso que quem tem apneia obstrutiva do sono corre ainda mais riscos, já que a doença é caracterizada pela obstrução total ou parcial das vias áreas durante o sono.Isso eleva a atividade cerebral na parte da noite e faz com que a frequência cardíaca aumente. Também provoca o fechamento dos vasos arteriais. Aí, o sangue circula com maior pressão para conseguir chegar a todas as partes do corpo

Comente com o Facebook
Input your search keywords and press Enter.
%d blogueiros gostam disto: