Santos evita Luxemburgo e Cuca vira a bola da vez

Após a demissão de Jair Ventura há mais de uma semana, o time da Vila surpreendeu a todos com o anúncio do ex-treinador palmeirense. Além de definir o nome do novo mandatário, a chegada de Cuca serve também para acalmar a situação política do clube. Ricardo Gomes, executivo santista, estava apalavrado com Zé Ricardo. O jovem treinador, porém, não era bem visto pela oposição, que exigia alguém com experiência, como Vanderlei Luxemburgo.

Cuca já começou com polêmica, chegada de Cuca pode impedir a saída de Luiz Felipe no Santos. O zagueiro espera que o técnico o tire da posição de quarta opção do elenco para a defesa, atrás de David Braz, Gustavo Henrique e Lucas Veríssimo.

Contudo, os atuais mandatários alvinegros não viam o nome do experiente treinador com bons olhos: Vanderlei é tido como ultrapassado no meio do futebol. Com isso o Santos trabalhava com o nome de Juan Carlos Osorio, ex-técnico da seleção mexicana na Copa do Mundo, que chegaria ao clube também com aval da oposição. Como Osorio tem o desejo de ainda dirigir a seleção colombiana, a negociação com o time brasileiro não andou.

O nome de Cuca surgiu depois de conversas internas e, com o currículo recheado de títulos, o treinador tem o aval de todos. “Tinham dois nomes, trabalhei neles, e depois apareceu essa outra possibilidade. E quando tive o acordo do presidente, começamos a trabalhar. Não foi difícil. Começamos a negociar hoje de manhã. Em duas, três horas de negociação conseguimos chegar a um consenso”, afirmou Ricardo Gomes em coletiva.

A expectativa é de que Cuca seja apresentado ainda nesta terça (31) e já dirija o time contra o Cruzeiro, quarta-feira (1), na Vila Belmiro, em jogo válido pelas quartas da Copa do Brasil.

Por: Marcos Monteiro – Onefootball  / Lucas Lobo – Portal Tucumã – 31/07/2018
Comente com o Facebook
Input your search keywords and press Enter.
%d blogueiros gostam disto: