32.5 C
Manaus
Manaus, 23 de outubro de 2018

Rede de prostituição em Manaus tem inquérito concluído; relembre o caso Fabian

A Polícia Civil do Amazonas falou na tarde desta terça-feira (9/10), durante coletiva de imprensa realizada às 16h, no prédio da especializada, sobre a conclusão do Inquérito Policial (IP) em torno de caso de rede de prostituição infantil em Manaus.

Conforme a autoridade policial, ao longo dos trabalhos a equipe da Depca efetuou as prisões temporárias do empresário Fabian Neves dos Santos, 37, de uma mulher de 28 anos, do comerciante Raimundo Alves do Vale Filho, 52, ede Ana Cássia da Silva Bentes, 23. Foram identificadas seis vítimas de exploração sexual. Todas na faixa etária de 13 e 14 anos.

Segundo Joyce Coelho, delegada titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), a investigação culminou inicialmente nas prisões, em flagrante, de dois dos indiciados: a tia de uma das vítimas, a mulher de 28 anos, e de Fabian Santos, surpreendidos no interior de um motel com uma adolescente de 13 anos. Segundo a delegada, a menina já havia procurado ajuda na escola onde estuda e também do Conselho Tutelar.

Relembre o 1º caso – Conforme a titular da Depca, no dia 7 de agosto deste ano o empresário Fabian Neves dos Santos foi preso em flagrante por estupro de vulnerável praticado contra uma adolescente de 13 anos. A tia da vítima, uma mulher de 28 anos, também foi presa por envolvimento na prática criminosa. Na ocasião, policiais da Depca resgataram a garota em um motel localizado na avenida Elias Ramiro Bentes, bairro Colônia Terra Nova, zona norte da capital.

Relembre o 2º caso –  De acordo com Joyce Coelho, no dia18 de setembro deste ano foi efetuada a operação “666”, que resultou no cumprimento de mandados de prisão temporária, com prazo de 30 dias, por estupro de vulnerável e favorecimento da prostituição, em nome do comerciante Raimundo Alves do Vale Filho, 52, e de Ana Cássia da Silva Bentes, 23.

Notícias Relacionadas

Poder Judiciário faz audiências no Polo da Defensoria Pública em Parintins

Redator Tucumã

Homem é preso por tráfico de drogas e receptação qualificada

Redator Tucumã

Semsa recolhe para necropsia animais mortos descartados em lixeira; Veja:

Redator Tucumã
%d blogueiros gostam disto: