27.4 C
Manaus
Manaus, 24 de setembro de 2018

Polícia informa que envolvidos em linchamento no município de Borba serão identificados e punidos

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) informou que vai identificar e prender todos os envolvidos no conflito ocorrido no último domingo (8), na cidade de Borba, interior do Estado, quando a população revoltada linchou um jovem preso, suspeito de estuprar e matar uma adolescente de 14 anos com várias facadas.

A garantia foi feita nesta segunda-feira (9), pelo delegado-geral da instituição, Mariolino Brito.

As imagens registradas pelos moradores mostram o homem sendo retirado do quartel da Polícia Militar na cidade, depois espancado e, logo em seguida, jogado em cima da viatura policial, onde foi agredido por várias pessoas.

Logo em seguida, o corpo é arrastado até uma fogueira em frente ao posto policial, onde a vítima foi carbonizada. A barbárie não foi a primeira registrada no interior do Estado.

Durante o conflito, seis policiais militares ficaram feridos, mas passam bem.

Dezesseis policiais civis foram enviados para a cidade de Borba para apurar o caso, como destacou o delegado Mariolino Brito.

O corpo da adolescente Patriciane Barros dos Santos, de 14 anos, foi encontrado na madrugada do dia 4 de julho, no quintal de uma casa, no município de Borba. A vítima apresentava 16 perfurações pelo corpo.

A polícia apontou o namorado dela como o principal suspeito do crime. A motivação estava sendo investigada.

A ordem do Delegado Geral é para que o reforço enviado ao município de Borba permaneça na cidade por tempo indeterminado, até a conclusão do inquérito, que deve durar 30 dias.

Saiba mais:

IMAGENS FORTES! População se revolta e queima vivo assassino de adolescente em Borba

Notícias Relacionadas

Polícia Militar detém infrator após cometer roubo em Borba

Redator Tucumã

Homem é preso com porte ilegal de arma

Redator Tucumã

Polícia Militar prende dois indivíduos por porte ilegal de arma e tráfico de drogas

Redator Tucumã
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
%d blogueiros gostam disto: