O canário nativo do Brasil é ‘pistola’ na vida real! Veja do onde veio o nosso mascote

A seleção brasileira é conhecida como seleção canarinho há mais de meio século e, para a Copa atual, ganhou um mascote, o “canarinho pistola”, como foi apelidado, que faz muito sucesso nas redes sociais. Curiosamente, o canário-da-terra, pássaro nativo do Brasil, assim como o nosso mascote na Rússia, é um “canarinho pistola” da vida real.

Fábio Hosken, zootecnista e consultor para criação de animais, explica que a ave, apesar de pequena e de ter aparência fofa, não é das mais dóceis:

“Ele é brigão. Territorialista é a palavra certa. Tanto que até hoje existem rinhas de briga de canário da terra no Brasil e em outros países, como Peru”.

“Antigamente era muito comum, depois que a rinha foi proibida, foi diminuindo. Mas ainda existem as clandestinas”, diz.

Na natureza, os canários brasileiros são bastante agressivos na defesa dos ninhos e não têm medo de atacar aves maiores que arrisquem uma aproximação.

O nome científico do canário-da-terra ou canário-chapinha é Sicalis Flaveola. O macho é sempre amarelo.

“O canário-da-terra é uma espécie muito familiar para os brasileiros, seja pelo canto forte e melodioso, pela beleza, ou por ser uma ave que não teme aproximação do homem”, explica Hosken.

Seleção Canarinho

O apelido de seleção canarinho foi dado pelo locutor Geraldo José de Almeida durante a Copa da Suíça em 1954, quando o Brasil estreou o uniforme amarelo. Antes, a seleção costumava jogar de branco e azul, mas “aposentou” o uniforme após a derrota para o Uruguai na final de 1950.

A camisa “canarinho” foi ideia do jornalista e desenhista Aldyr Schlee, que venceu um concurso promovido em 1953 pelo jornal carioca “Correio da Manhã”.

Fonte: G1.

Comente com o Facebook
Input your search keywords and press Enter.
%d blogueiros gostam disto: