Mulher é mantida presa por 15 anos em uma caverna na Indonésia

Em Celebes, na Indonésia, policias encontraram uma mulher de 28 anos, que foi mantida presa em uma caverna por 15 anos pelo xamã de um vilarejo. O homem possui 83 anos e é suspeito de tê-la sequestrado quando a moça tinha apenas 13 anos, e ter feito lavagem cerebral para ela acreditar que o homem era possuído por um espírito.

De acordo com a imprensa local, o suspeito se chama Jago e é conhecido como um curandeiro. Em 2003, a vítima foi levada a ele pela própria família, para ser tratada, e ela acabou ficando. Após um tempo, ela desapareceu, a imprensa local informou que o xamã havia dito aos parentes que a menina havia se mudado em busca de trabalho para Jacarta, capital da Indonésia. Os parentes tentaram achá-la, mas acabou sendo considerada como desaparecida.

Imagem: Polícia da Indonésia

O chefe da polícia local afirmou que o homem a molestava desde que ela tinha 13 anos e mostrava uma foto do suposto espírito que o possuía durante o ato. Durante a noite, ela dormia com Jago mas, durante o dia, era obrigada a ficar em uma caverna perto da casa dele.

O suspeito pode ser condenado a 15 anos de prisão.

Fonte: G1

 

Comente com o Facebook
Input your search keywords and press Enter.
%d blogueiros gostam disto: