29.5 C
Manaus
Manaus, 21 de outubro de 2018

Justiça do Trabalho suspende privatização da Eletrobras

A 49ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro determinou a suspensão do processo de privatização da Eletrobras e de suas subsidiárias.

Segundo a Justiça do Trabalho, a empresa precisa apresentar, no prazo de até 90 dias, um estudo sobre o impacto da privatização nos contratos de trabalho da estatal e das empresas vinculadas a ela.

A medida atinge tanto a empresa principal (holding) quanto as subsidiárias Amazonas Energia, Centrais Elétricas de Rondônia, Eletroacre, Companhia Energética de Alagoas e Companhia Energética do Piauí.

A informação foi divulgada hoje (5) pela própria Eletrobrás, em comunicado ao mercado.

Notícias Relacionadas

Quem são as filhas de militares e servidores que vivem da pensão do pai?

Redator Tucumã

IBGE: 24,8 milhões das pessoas de 14 a 29 anos não frequentam escolas no país

Redator Tucumã

Doméstica é assassinada dentro de ônibus por ‘conversar alto demais’

Redator Tucumã
%d blogueiros gostam disto: