32.5 C
Manaus
Manaus, 23 de outubro de 2018

Evento na Susam discute política de saúde mental e combate ao suicídio

As políticas de saúde mental e de prevenção ao suicídio são temas de um evento que será realizado nesta terça-feira 10, às 14h, no auditório da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), localizado na avenida André Araújo, na zona centro-sul de Manaus.

O evento tem o apoio da Susam e da coordenação da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS/Susam) e é realizado pela ARDAM – Associação de Redução de Danos do Amazonas, Fórum Amazonense de Saúde Mental, Navima (Núcleo de Apoio a Vida Manaus) e Coletivo Setembro Amarelo. Uma das palestrantes do evento é a coordenadora da RAPS, Lucina Diederich.

“Na oportunidade, vamos apresentar alguns dos eixos do plano estadual de saúde mental que está sendo construído pela secretaria e demais setores da sociedade, principalmente nos pontos em que tratamos das ações para combater o suicídio no estado”, informou Luciana.

Saúde pública – Para Luciana, o suicídio é hoje uma questão de saúde pública. É necessário, reforça ela, se debruçar sobre o assunto para entendê-lo e, assim, trabalhar a prevenção.

“Há estudos que indicam que as pessoas sinalizam que estão com algum tipo de sofrimento. Estes revelam, também, que a maioria dos casos de suicídio está associada a algum tipo de transtorno – depressão, uso abusivo de álcool, droga, entre outros. Precisamos conhecer esses fatores para podermos identificar os casos a nossa volta e ajudar a pessoa a procurar os serviços de acolhimento na rede do Sistema Único de Saúde (SUS). Suicídio pode ser prevenido. Essa é a principal mensagem que temos que transmitir”, pontua Luciana.

Grupo Condutor – A atual gestão da Susam reativou o Grupo Condutor da RAPS do Amazonas. Parado há três anos, o colegiado é formado por representantes de diversos órgãos governamentais e movimentos da sociedade civil organizada, e tem a missão de avaliar e auxiliar na construção das políticas públicas na área da Saúde Mental.

De acordo com Luciana, o grupo vem apresentando propostas para a construção de um plano de governo para a área de saúde mental. Ao criar um plano para a área, o Estado garante o compromisso de que as ações serão executadas, independente dos gestores que estarão no comando da Susam.

Notícias Relacionadas

Leilão do TRT11 vai leiloar imóveis e veículos em Manaus

Celso

Feira Norte do Estudante terá informações sobre intercâmbio e cursos de idiomas

Redator Tucumã

Homem é preso após afirmar que levaria arma e objetos para Penitenciária

Redator Tucumã
%d blogueiros gostam disto: