32.5 C
Manaus
Manaus, 23 de outubro de 2018

Eleito deputado federal mais votado, José Ricardo agradece população pelos 197 mil votos no Amazonas

O deputado estadual, agora eleito federal, José Ricardo (PT) foi à tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) agradecer à população do Amazonas pelos mais de 197 mil votos que obteve neste pleito de 2018. “Pessoas que acreditam e apoiam nossa caminhada, que me receberam bem nas ruas, nas casas, nos terminais de ônibus e onde fomos apresentar nossas propostas e soluções para o Estado. Nosso sentimento é de um compromisso ainda maior para continuarmos na luta em defesa da população e dos investimentos necessários ao desenvolvimento da região. Meu muito obrigado a todas e todos”, disse ele, parabenizando também os parlamentares que foram eleitos e reeleitos.

Ainda no Pequeno Expediente, José Ricardo continua cobrando a aprovação do requerimento de sua autoria, apresentado no mês de agosto, que solicita a convocação do secretário de Estado da Educação (Seduc), a fim de tratar dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e da educação. “O governador quer pagar o abono do Fundeb, mas ninguém sabe se realmente tem esses recursos disponíveis. O alerta que foi dado pelo Tribunal de Contas é que o Estado estaria no limite da responsabilidade fiscal, no limite prudencial. Precisamos saber qual a realidade e o secretário precisa dar essa explicação”.

O Governo do Amazonas estaria mantendo em caixa cerca de R$ 450 milhões referente ao Fundeb. No final de agosto, o TCE fez um alerta ao Estado de que não estaria aplicando os 25% mínimos obrigatórios do orçamento na educação (no primeiro trimestre do ano, não chegou nem a 16%). Além disso, investiu somente 43,3% dos recursos do Fundeb com os professores, quando o previsto em lei é pelo menos 60%. “Essas informações levantam o questionamento sobre a aplicação dos recursos da educação por parte do Governo do Estado, de que não vem cumprindo com os percentuais mínimos. Está descumprindo a lei”, disparou.

Justificando que é preciso ter transparência com relação a esses recursos do Fundeb, o deputado também declarou que está na hora de aprovar o Projeto de Lei do Fundeb Transparente, de sua autoria, que prevê a criação de portais de transparência na internet, detalhando onde estão sendo gastos os recursos federais que o Estado e as prefeituras do Amazonas recebem desse Fundo de Educação. “Essa é uma pauta de reivindicação dos professores, que cobram transparência na aplicação desses recursos. Essa proposta já passou pelas comissões de Constituição e Justiça e Finanças da Assembleia e agora está na da Educação, mas precisa ser aprovada para ser apreciada em breve pelo plenário”.

Notícias Relacionadas

AÉCIO NEVES fala sobre sua volta ao senado em rede social particular. VEJA!!!

Redator Tucumã

Marina Silva vem a Manaus participar da campanha de Luiz Castro

Redator Tucumã

“Manda a PF devolver os iPads dos meus netos”, pede Lula a Moro

Redator Tucumã
%d blogueiros gostam disto: