David Almeida anuncia mudanças e permanências no novo secretariado | Arthur vai a Brasília solicitar ajuda | MP-AM ainda está na cola de Melo | Saiba mais!

Mudanças

Os novos secretários do governo de David Almeida (PSD), tomaram posse na manhã desta quinta-feira (11), na sede do Governo do Amazonas. Seguem as subsituições: Na Procuradoria Geral do Estado (PGE), tomou posse Tadeu de Souza Silva, em substituição à Heloysa Simonetti Teixeira; na Secretaria de Fazenda (Sefaz), Francisco Arnóbio Bezerra substituiu Jorge Jatahy; na Secretaria de Saúde (Susam), Vander Araújo substituiu a enfermeira Mercedes Gomes; na Secretaria de Educação (Seduc), Arone do Nascimento Bentes substituiu Algemiro Lima; na Secretaria de Produção Rural (Sepror), José Cidenei Lobo assumiu o cargo em substituição a Hamilton Casara, e na Secom, Claudio Barboza substituiu Amaral Augusto.

Permanências

No entanto o novo secretariado do governador interino David Almeida resolveu manter quatro  nomes da antiga gestão, como o recordista no cargo da Cultura, Robério Braga, e o secretário da Sejel Fabrício Lima ainda no cargo, David ainda brincou com Fabricio dizendo que ‘irão despachar correndo’, pois ambos são corredores de rua.

Confira as mudanças e permanências:

  • Saúde (Susam) – Vander Alves
  • Educação (Seduc) – Arone Bentes, ex-diretor do Instituto Federal do Amazonas (Ifam)
  • Esportes (Sejel) – permanece Fabrício Lima
  • Fazenda (Sefaz) – Francisco Arnóbio, ex-secretário Executivo do Tesouro
  • Cultura (SEC) – permanece Robério Braga
  • Produção Rural (Sepror)  – Dedei Lobo, ex-prefeito
  • Infraestrutura  (Seinfra) – permanece Américo Gorayeb
  • Idam – Lúcio Flávio do Rosário
  • Casa Civil – permanece Francisco Pacífico
  • Segurança (SSP-AM) – permanece Sérgio Fontes
  • Comunicação (Secom) – Cláudio Barboza, jornalista
  • Procuradoria (PGE) – Tadeu de Souza Sila, procurador

Ajuda

O prefeito Arthur Virgílio Neto viajou à Brasília-DF, nesta quinta-feira (11)  para  encontrar o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra. No encontro ele irá apresentar o decreto nº 3.689, que declarou situação de emergência social em Manaus e buscar recursos federais para as ações emergenciais humanitárias voltadas aos indígenas venezuelanos. No total são 355 índios da etnia Warau que estão concentrados no Centro, na estação Rodoviária e também em bairros da zona Leste. Arthur criticou a postura do consulado da Venezuela que se mostra inerte diante da situação. “A Venezuela tem um governo que está caindo e que vive uma crise moral, econômica e politica. E tem uma representação diplomática em Manaus  que é do pior nível. O Consul da Venezuela não tem capacidade de dialogar com ninguém”,  disse o prefeito.

‘Benção’

Durante recente entrevista, o deputado federal Silas Câmara (PRB) teria manifestado desejo de ser candidato a governador do estado e para isso queria a bênção do ‘cacique’ do seu grupo político: o senador Omar Aziz (PSD). “O PRB não descarta a possibilidade de apresentar candidatura própria. Pertenço a um grupo político extenso, tenho respeito ao senador Omar Aziz, mas o cenário está colocado e as candidaturas estão postas”, afirmou Silas.

Revanche

Fontes do Ministério Público Estadual (MP-AM) revelaram que a Procuradoria-Geral de Justiça está realizando alguns procedimentos que podem resultar no começo de uma investigação do órgão mais ampla contra o governador cassado José Melo (Pros).  A ‘ponta do novelo’ seriam os pagamentos que o governo efetuou nos últimos dias do governo Melo. A oportunidade que o procurador-geral Fábio Monteiro tem nas mãos  seriam para contra-atacar o ‘vexame’ que teria passado quando disputou vaga de desembargador no TJ-AM. Na ocasião, na Corte do TJ-AM, no início de março, Fábio foi excluído da escolha pelo placar de 20 a 0 e, nos bastidores, e ficou a informação de que a formação do placar teria contado com a participação de Melo.

Comente com o Facebook
Input your search keywords and press Enter.
%d blogueiros gostam disto: