Cotada para receber mundial, Manaus realiza novo Circuito brasileiro de BMX

Um show de manobras radicais foi apresentado durante a realização da 2aEtapa do Circuito Brasileiro Overground BMX Flatland Series 2018, neste domingo, 5/8, no Parque dos Bilhares, Chapada, zona Centro-Sul. Em cima de uma bicicleta BMX de aro 20, atletas que competiram pelas categorias iniciante, amador, master e profissional levantaram o público com manobras de tirar o fôlego.

O evento radical que reuniu os melhores atletas do país na modalidade é organizado pela MUF Association e contou com apoio da Prefeitura de Manaus, sob a coordenação das secretarias municipais de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) e de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas). A cidade está cotada para receber o mundial de BMX.

“Esporte é vida. E é uma determinação do prefeito Arthur Virgílio Neto para que incentivemos os jovens de Manaus com esportes como é o BMX e tantos outros. Estamos felizes em receber essa etapa do circuito brasileiro de BMX e esperamos receber os próximos eventos da modalidade”, ressaltou o secretário da Semjel, João Carlos.

Natural de Moçamba, no Ceará, Francisco Lima, o “Pequeno”, que busca manter o título de atual campeão brasileiro de BMX Flatland falou sobre quem sonha com carreira de atleta. “Primeiro a pessoa tem que encontrar um esporte pelo qual gosta, por qual tem paixão. E no esporte tem que se dedicar muito pra alcançar bons resultados. Tem que viajar, conhecer outras culturas e se manter em movimento sempre”, contou.

Conforme participação na edição deste domingo, os atletas que melhor pontuaram foram premiados com medalhas e brindes e podem garantir vaga na 3ª etapa do campeonato que será realizada nos dias 15 e 16 de setembro, na cidade de Itapevi, em São Paulo.

Mundial em Manaus

A capital do Amazonas é forte candidata a receber uma das etapas do Campeonato Mundial de BMX. O presidente da Associação Brasileira de BMX Freestyle (ABBMXF), Vagner Gonçalves, contou que Manaus está bem cotada para receber o evento e que data e local vão depender da organização internacional da modalidade.

“Como já é a segunda vez que a gente realiza uma etapa do nacional aqui em Manaus e a cidade foi bem receptiva ao evento, estamos trabalhando para trazer o mundial para cá. Vamos aguardar a sincronização do calendário para divulgar a data e o local do campeonato”, disse Gonçalves.

Esporte Olímpico

Com sete modalidades, o BMX será incluído pela primeira vez em uma Olimpíada. O Park, modalidade que consiste em usar elementos vertical, street e dirt jump fará parte dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, no Japão.

O Flatland, modalidade realizada neste domingo no Parque dos Bilhares e que é realizada em piso plano,está cotada para participar da Olimpíada de 2024, em Paris, na França.

 

 

— — —

 

 

 

Texto: Fábio Leite / Semje

Fotos: Marinho Ramos / Semcom e Divulgação / Semjel

Comente com o Facebook
Input your search keywords and press Enter.
%d blogueiros gostam disto: