29.5 C
Manaus
Manaus, 21 de outubro de 2018

Arthur ‘vira as costas’ para vice-presidente dos EUA | Zé Ricardo diz que visita de Pence ao Amazonas teria ‘outros interesses’ | Briga: Dermilson e David trocam acusações | Saiba mais!

SEM RECEPÇÃO

O prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), foi para o twitter ‘explicar’ as razões de não ter recepcionado a comitiva do vice-presidente dos EUA, Mike Pence, ontem na capital. Na publicação ele criticou as exigências impostas pelo Governo norte americano: esperar por 2h de antecedência e não estar acompanhado da primeira-dama Elisabeth Valeiko, para alguns a última exigência teria revoltado ainda mais Arthur (ele não abre mão da companhia dela em nenhum evento).

VOLTE PRA CASA

“Respeite a soberania do meu país e o brio do povo amazonense. Não aceito a intervenção militar, nem por brincadeira! Por favor, volte para sua casa! O ACNUR reconheceu o trabalho de acolhimento aos venezuelanos feito por Manaus. Não tente me ensinar a ser solidário! Os mexicanos podem falar sobre o tratamento que o seu país dá a eles! ”, declarou Arthur em sua polêmica postagem.

VIRA LATA

E não foi só ele que criticou a vinda de Pence à capital, o deputado Zé Ricardo (PT), questionou o real motivo da sua vinda e relembrou da frase do ex-presidente Lula que afirmava que o Brasil deve acabar com a Síndrome do “Vira-Lata”, quando se compara com outros países. Para ele, o vice-presidente dos EUA está aqui atrás dos seus interesses, já que as riquezas brasileiras e amazônicas são cobiçadas pelo mundo inteiro. “É a interferência dos Estados Unidos no mundo e mostrando que trabalhou forte para que o golpe acontecesse. Não foi só para tirar uma presidenta eleita; não foi só para tirar o PT. Foi para desmontar uma série de conquistas do povo”.

‘ÚNICO’

O deputado estadual Luiz Castro (Rede) afirmou que é o único parlamentar do Norte do país a ter um aplicativo que presta conta de suas atividades e informa seus projetos apresentados. Castro está com tudo e está prosa. Ele exibe o “app” Direito na Mão, que tem em seu banco de dados mais de 55 projetos de lei apresentados por ele desde o início de sua jornada como deputado.

BATE

O líder da base governista na ALE-AM, deputado Dermilson Chagas (PP) definiu como ‘piada’ a ação movida pela Mesa Diretora da Casa que pede na Justiça a liberação das emendas impositivas, além de cutucar o presidente da Assembleia, David Almeida (PSD), sobre sua relação com o ex-governador José Melo, preso na Operação Maus Caminhos. “Por que o David não jogou o Melo na Justiça?” disse.

REBATE

David rebateu a fala do líder de Amazonino Mendes dizendo que ele “não respeita sequer os próprios eleitores”. “Ele se anula para puxar o saco do chefe. O que se pode esperar de um cidadão desse?” retrucou. Ele também disse que 2018 é o primeiro ano em que as emendas impositivas passaram a constar na LDO e sustentou que a ação da Mesa Diretora na Justiça se dá “em defesa da instituição Assembleia” segundo ele.

Notícias Relacionadas

Amazonino e Wilson no segundo turno? | Eleitores querem enfrentar experiência com candidatos novos | Corrida para o Senado segue ‘tranquila’, porém nem tanto | Saiba mais!

Redator Tucumã

Dallas defende Amazonino | Votação da Susam na ALE-AM mais uma vez adiada | Prefeito lança app para taxistas | Saiba mais!

Redator Tucumã

Professores atrás de Governador | PSB em festa com David | Bisneto cobra dívida de Amazonino | Saiba mais!

Redator Tucumã
%d blogueiros gostam disto: