Após comentário racista, youtuber Júlio Cocielo perde parcerias com marcas famosas

Depois de causar dpolêmica no último final de semana com um comentário racista a respeito do jogador Mbappé, o youtuber Júlio Cocielo recebeu notificações de diversas marcas nesta segunda-feira (2). As companhias cancelaram suas campanhas publicitárias com o artista que teria dito que o jogador da seleção da França “conseguiria fazer uns arrastão top na praia”. As informações são do site Meio e Mensagem.

No domingo, Cocielo chegou a apagar milhares de tuítes de sua conta no Twitter e emitiu um comunicado oficial sobre a situação. Desde o ocorrido, usuários das redes sociais cobraram um posicionamento de marcas que possuem trabalhos com o artista, como a Coca-Cola, Adidas, Itaú e a Submarino.

A Coca-Cola informou, em nota ao Meio e Mensagem, que não possui mais nenhuma relação com Cocielo e que o último trabalho juntos foi na Olimpíadas de 2016.  “O respeito à diversidade é um dos principais valores da nossa companhia, em nossas campanhas celebramos as diferenças e promovemos a união. Manifestações preconceituosas não são toleradas. Repudiamos qualquer forma de racismo, machismo, misoginia ou homofobia” , diz um trecho da nota.

O Itaú, que tinha um vídeo da Copa com Cocielo sendo exibido na programação, disse que retirou todos os clipes com ele ainda no último sábado (30).  Em comunicado, o banco afirma que “repudia toda e qualquer forma de discriminação e preconceito. Esperamos que o respeito à diversidade sempre prevaleça.”

A Submarino também tomou atitudes sobre o material com o influenciador e que irá monitorar os trabalhos de Cocielo.  “É dever destas agências e agentes fazer este filtro e treinar estes influenciadores para mídias. É importante que o influenciador seja analisado por todas as partes e treinado da melhor forma para a carreira”, disse a rede de comércio eletrônico, em nota.

Quem é Júlio Cocielo?

Com 16,8 milhões de inscritos em seu canal no YouTube, Júlio Cocielo é considerado um dos youtubers mais influentes do mundo. Em seus vídeos, o jovem faz paródias de músicas e fala sobre situações do cotidiano. De acordo com um ranking elaborado pela  Snack Intelligence em 2017, que analisa o mercado audiovisual, Cocielo ocupa a sexta posição entre os vloggers mais influentes de todo o planeta.

Após a repercussão negativa de sua publicação, Cocielo apagou pelo menos 60 mil tuítes de sua conta.

Comente com o Facebook
Input your search keywords and press Enter.
%d blogueiros gostam disto: