31.5 C
Manaus
Manaus, 16 de agosto de 2018
Portal Tucumã
Image default
Bastidores da Política

Bosco deve vir para federal | Wilker em conchavo com Arthur | Sarampo de Zé Ricardo deixa ALE-AM em alerta |  Saiba mais!

FEDERAL

O vice-governador do Estado, Bosco Saraiva (Solidariedade), deve vir para deputado federal nestas eleições. Ele que se afastou do cargo de secretário de Segurança Pública do Amazonas, em abril deste ano, já havia demonstrado interesse em concorrer nestas eleições e ao que tudo indica sua pré-candidatura já estaria confirmada. Quem deve assumir o lugar de Bosco, no lugar de vice-governador, seria o atual secretário de Saúde, Francisco Deodato.

SEGUNDO HOMEM

Um decreto com a nomeação de Deodato como ‘segundo homem do governador’, já teria até sido publicado na edição do dia 18 de junho no Diário Oficial do Estado, e que passou a circular eletronicamente a partir da última quarta-feira (20). Homem de confiança e amigo de Amazonino, Deodato terá a missão de auxiliar o governador em suas decisões no que tange à administração do Amazonas, acumulando com a função de secretário de Saúde

PARCERIA

O prefeito Arthur Neto (PSDB), esteve presente na tarde de ontem (3), na inauguração da Escola de Saúde Pública de Manaus (Esap), dentro da Universidade Nilton Lins, ao lado da esposa Elisabeth Valeiko, e alguns vereadores aliados. Dentre eles, o vereador e presidente da CMM, Wilker Barreto (PHS), que passou boa parte do evento em cochichos com Arthur.

CANDIDATURA

Wilker que já informou para alguns, que será pré-candidato a deputado estadual, deve costurar um apoio do prefeito nestas eleições. O presidente regional do PHS, também já informou que o PHS pretende eleger três deputados estaduais e ter uma chapa de deputados federais no grupo de Arthur. Dos 41 vereadores da CMM, mais de 50% deverão disputar a eleição para uma vaga de deputado em outubro.

SARAMPO

E após o anúncio do comunicado que o deputado José Ricardo (PT) estaria ausente de suas atividades parlamentares, depois de ser diagnosticado com Sarampo, a Diretoria de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), junto com a Semsa já estariam em estado alerta. O sarampo voltou a ser um problema de saúde pública no Amazonas por causa da contaminação de venezuelanos que vieram ao país fugindo da enorme crise em sua terra. Com isso, a pré-campanha eleitoral dele para deputado federal, teve que dá uma desacelerada.

Notícias Relacionadas