34.5 C
Manaus
Manaus, 22 de outubro de 2018

Ações permanentes de trânsito seguro refletem na redução de acidentes

foto: Altemar Alcântara/Semcom

A avenida Autaz Mirim, na zona Leste, apresenta uma redução de 38,46% nos acidentes com vítimas fatais, no acumulado de 1º de janeiro a 24 de setembro de 2018, em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados na manhã desta terça-feira, 25/9, durante uma ação educativa do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans). A atividade faz parte do Movimento Manaus Vida Segura no Trânsito, lançado pela Prefeitura de Manaus, com as ações permanentes visando a redução de acidentes nas vias da cidade.

O evento contou com a participação de educadores de trânsito e técnicos do Manaustrans para marcar o encerramento da programação municipal da Semana Nacional de Trânsito. “A redução dos índices é o resultado do trabalho que devolvemos diariamente, seguindo a orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto para orientar condutores e pedestres a evitar acidentes. Nosso trabalho será permanente nas áreas de educação, engenharia e operações de trânsito”, ressaltou o diretor de Engenharia do Manaustrans, Manoel Reis Júnior.

A orientação do Manaustrans chamou a atenção da técnica em segurança do trabalho Selma Helena, que caminhava na avenida Autaz Mirim. “É muito importante que os condutores prestem mais atenção nos pedestres. Por isso é importante esta ação para esclarecer como as pessoas podem evitar os acidentes”, analisou.

Ao receber os panfletos da atividade educativa do Manaustrans, o motorista de caminhão Jofre Assis se disse mais esperançoso quanto a um trânsito mais seguro. “Passo por aqui todos os dias e vejo alguns motoristas em alta velocidade. Percebi uma nova sinalização na via e acredito que, agora, as pessoas vão respeitar mais a sinalização”, disse

 

Nova sinalização

Além das ações educativas realizadas na avenida Autaz Mirim, o Manaustrans reforçou a sinalização de trânsito ao longo da via. Além de novas faixas de pedestres, foram implantados dispositivos que estimulam o condutor a reduzir a velocidade na via, como sonorizadores e linhas no asfalto. Rampas de acessibilidade garantem a travessia para idosos e pessoas com deficiência. Foram implantadas também as placas de advertência e regulamentação de velocidade. Em alguns trechos a velocidade máxima na via é de 50 quilômetros por hora e nas aproximações das faixas de pedestres, a velocidade reduz para 30 quilômetros por hora.

Notícias Relacionadas

Termina nesta quarta-feira o prazo para pagamento da 2ª parcela do 13º salário

Redator Tucumã

Wilson Justo era presidente do PR de Novo Airão, deixa duas filha e uma esposa

Redator Tucumã

Tudo pronto! Festa do Cupuaçu 2018 começa nesta sexta

Redator Tucumã
%d blogueiros gostam disto: